Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Tratamento Natural da Angina de Peito




A Angina de Peito (Angina Pectoris) é um termo medico usado para dor ou desconforto no peito e pertence ao grupo das doenças cardíacas.
A angina é um sinal de alerta do coração, a informar que o seu músculo cardíaco não recebeu o sangue e o oxigénio necessário para executar o seu trabalho.
Isto acontece porque uma ou mais artérias do coração foi estreitada ou bloqueada.
O desconforto pode ser sentido no pescoço, mandibula, ombros, costas ou braços, e nem todos os desconfortos no peito estão relacionados com o coração, pode ser problemas do estomago, ou do pulmão.
O que agrava este problema é a aterosclerose, problema também a ser questionado, no sentido de perceber-se o porquê do corpo formar ateromas, que bloqueiam as artérias.

Ninguém do mundo morre por doença cardíaca, como afirmou o padre Tadeo “ ninguém morre do coração, morre-se por mau sangue”.
O sangue para circular por todo o corpo necessita de uma força que o leve às extremidades e que o retire de lá, este maravilhoso trabalho é feito pelo coração em combinação com os pulmões (por isso cuidado com os betabloqueadores e seus efeitos secundários sobre os pulmões).
Assim como uma bomba que trabalha com água pura e limpa não se estraga, também o nosso coração não adoecia se bombardeasse sangue limpo. Por isso se diz que as doenças do coração são cronicas, que não têm “remedio”, porque todas elas em diversos graus são consequência de intoxicação do sangue e este não pode ser purificado, limpo através de medicamentos, mas pode ser alterado e nutrido com uma alimentação que já comprovou que resulta.

Não há outra receita, que não seja “mudanças no estilo de vida”, pode ser feita lentamente, com algum tempo para adaptação, com algum tempo para “cozinharmos” internamente que temos que tomar ação, que não há outra forma, que somos nós os responsáveis, mas também somos nós que temos o poder de mudar, de escolhermos uma vida mais saudável, em troca de uma menos saudável. Ninguém faz esta escolha por nós.

O que comer?
Não quero assustar ninguém, mas percebe que não pode continuar a se alimentar da mesma forma, esses alimentos contribuíram para a sua doença. Vamos mudar?
Na angina de peito, penso que é importante abandonar a carne, ou reduzi-la a mínimos, assim como o peixe.
Aumentar cada vez mais os alimentos crus, tanto em forma de sucos, como de saladas, que estes façam parte da sua alimentação diária. Todas as refeições têm de ter um prato cheio de salada, e não pode ser só alface e tomate. Experimente novas receitas, prove e comprove que pode comer a maior parte dos legumes crus, com cebola, alho, beterraba, cenoura e plantas aromáticas, como salsa, coentros, manjericão. Você tem de ganhar vida, por isso acompanhe sempre com germinados, com algas.
As boas gorduras, as que desinflamam encontram-se nas sê-mentes, como a chia, a linhaça, as amêndoas, nozes, sementes de sésamo, de girassol, de abobora, faça um plano alimentar e introduza-as na sua alimentação diária, com elas pode-se fazer leites, papas, patés e queijos vegetais.
Não há melhoria da angina de peito sem magnésio, e é tão fácil consegui-lo, basta diariamente tomar 1 ou 2 copos de suco verde, a clorofila é sua amiga.
A fruta? A fruta é o alimento do homem, na época das uvas, faça uma monodieta de uvas, ou seja fique 3 dias só a comer uvas. Na época da melancia, fique 1 dia por semana só a comer melancia. Aproveite a época de cada fruto (neste momento a da romã). Fruta não é sobremesa, é refeição.
Uma forma de “des-viciar” aquilo que comemos tradicionalmente, é ficar 3 dias a comer exclusivamente maçãs, vai se surpreender com o resultado.
Abandone o tabaco, o café, e o álcool na sua totalidade.
Caminhe e respire, ande devagar, observe o que o rodeia e goste de estar onde está.

A grande planta a tomar é o Crataegus (espinheiro alvar), melhora as funções cardíacas, dilata as artérias coronárias o que aumenta o fluxo de sangue e oxigénio ao coração. Pode ser usado por longos períodos. Pode ser tomado em extrato, em capsulas e também em chá (neste caso deve ingerir 3 a 4 chávenas diárias)

Mais pode ser feito, mas se fizer o acima escrito ou parte dele, acredito que já entrou no caminho da recuperação…

6 comentários:

  1. Bom dia

    Sigo com bastante interesse e atenção o seu blog. (As dicas sobre medicação homeopática foram seguidas com um sucesso imediato, no caso de rinite,- Todos os anti histaminicos e foram muitos não foram

    minimamente eficazes.)

    Agora li sobre a carqueja e os seus benefícios (que são bastantes).

    No meu caso como tenho gastrite, com que frequência posso toma lo e durante quanto tempo.

    Posso acompanhar as refeições?

    Pode ajudar me? Ana

    ResponderEliminar
  2. Li um pouco de sua página que me foi indicada por um amigo... achei fantástica e de muita riqueza.. vou continuar lendo suas informações .. obrigada!

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho muitas dores no peito e apanha-me as costas o pescoço os ombros e fico com pouca força nos braços não será angina de peito?

    ResponderEliminar
  4. Adorei seu blog, parabéns por proporcionar mais qualidade de vida e saúde para seus seguidores!


    ResponderEliminar
  5. Boa noite!
    Gostei muito do seu blog, você está de parabéns!!!
    Gostaria de saber se posso fazer o uso do chá espinheiro alvar junto com o beta bloqueador ( atenolol) que já faço o uso do mesmo???
    Desde já agradeço!!! Deus te abençoe!

    ResponderEliminar
  6. www.mundohigeia.blogspot.com

    ResponderEliminar